Quilombo dos palmares - O que foi?

O quilombo dos palmares foi muito importante na luta dos negros contra a escravização, sendo um grande símbolo de resistência.
Veja abaixo com mais detalhes o que foi o quilombo dos palmares.

Escravidão no Brasil

A escravidão no Brasil tem início no século XVI quando os portugueses começaram a trazer negros da África para trabalhar nos engenhos de açúcar na região nordeste do país.
Os negros eram vendidos como mercadoria comum, de forma desumana e seu preço variava de acordo coma idade e sua condição de saúde.
O transporte era feito por navios negreiros, onde várias pessoas eram amontoadas nos porões dos navios, e muitas delas nem chegavam ao destino com vida.
Os escravos eram tratados de maneira desumana, sendo obrigados a trabalhar em minas e engenhos até que toda a força tivesse saído de seus corpos.

Criação do quilombo dos palmares

Muitos escravos fugiam de seus donos devido às condições desumanas de trabalho e tratamento, e iam se aglomerando nos chamados quilombos.
Os quilombos nada mais eram do que vilas formadas apenas de negros, e simbolizavam resistência à escravidão.
O mais notório de todos os quilombos foi o de palmares, na Serra da Barriga, então Capitania de Pernambuco.
Foi constituído por Zumba e outros escravos foragidos, tendo resistido a diversos ataques, demonstrando seu poder militar e político.
Para desmantelar o quilombo dos palmares, foi necessário uma investida com cerca de seis mil soldados bandeirantes.

A abolição da escravatura

Com diversos eventos ocorrendo no mundo todo a favor da abolição da escravatura, no século XIX a Lei Áurea foi criada pela princesa Isabel, libertando de vez todos os escravos do Brasil.
Embora os negros tivessem a liberdade pela lei, a realidade foi cruel mais uma vez, pois eram vistos com muito preconceito.
Somado isso à falta de moradia e emprego, muitos negros sofreram muito no período subsequente à abolição da escravatura, mas decerto bem menos do que na escravidão.

Comentários

Postagens mais visitadas